25 de junho, de 2022 | 10:25

Sebrae Minas apresenta programa de aceleração de negócios para mulheres empreendedoras do Vale do Aço

Divulgação/Sebrae SC
  Iniciativa prevê capacitação para aquelas que têm ou pretendem abrir um empreendimento Iniciativa prevê capacitação para aquelas que têm ou pretendem abrir um empreendimento

O Sebrae Minas iniciará o terceiro ciclo do programa Sebrae Delas, em Ipatinga, programa gratuito que visa incentivar, apoiar e orientar mulheres que têm o próprio negócio, formalizado ou não. A apresentação ocorre nesta terça-feira (28/7), das 18h30 às 20h30, no Sebrae. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no link: https://www.sympla.com.br/apresentacao-do-programa-sebrae-delas-2022_1619937.

O programa tem duração de um ano e todas as atividades realizadas ocorrem no formato presencial. A capacitação e orientação têm o objetivo de aprimorar as habilidades em gestão, estimular o perfil empreendedor das participantes e auxiliar na organização dos empreendimentos liderados por mulheres. O programa oferece acesso a ferramentas ágeis de gestão que contribuem para a sustentabilidade do negócio.

O Sebrae Delas também estimula o aperfeiçoamento de habilidades comportamentais, conhecidas como soft skills, como empatia, criatividade, agilidade, resiliência, capacidade de resolver problemas complexos, adaptabilidade, inteligência emocional e flexibilidade.

A analista do Sebrae Minas, Vanessa Karla Silva, explica que será realizado um diagnóstico do grupo formado a partir do evento de apresentação do programa. “A intenção não é levar uma solução pronta. Com o conhecimento das necessidades das participantes, é construído o plano de ação que visa contribuir para melhoria de cada negócio representado no grupo”.


Empreendedorismo feminino em números
As mulheres – que estão à frente de um empreendimento formal ou informal com ou sem empregados – representam 31% do total de donos de negócios em Minas Gerais. O índice foi divulgado pelo Sebrae com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua do IBGE (PNADC), realizada entre setembro e dezembro de 2021.

De acordo com o estudo, a maioria (86%) das mineiras empreendedoras trabalha por conta própria, e não tem a ajuda de funcionários para tocar o negócio. O levantamento também destaca que quase a metade delas (45%) são chefes de domicílios, sendo responsáveis financeiramente pelo sustento de suas famílias. No site www.sebraemg.com.br há mais informações sobre as capacitações do Sebrae em Minas Gerais.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário