08/11/2018 17:01:00

Trabalhador de obra em banco é acusado de furtar mais de R$ 3 mil

A Polícia Militar foi acionada e a funcionária informou que o banco passa por reformas e que funcionários da empresa contratada trabalharam na noite de 5 para 6 de novembro



Reprodução


O miolo com o segredo da fechadura se encontrava caído dentro da gaveta

Um furto de dinheiro foi registrado na agência do banco Santander da avenida Carlos Chagas, bairro Cidade Nobre, em Ipatinga. Conforme relatório da Polícia Militar, uma funcionária informou que segunda-feira (5) chegou ao seu local de trabalho e guardou na gaveta da sua mesa, uma quantia de R$3.050 em dinheiro e trancou. Já na terça-feira (6) trabalhou o dia todo e, por volta das 20h30, ao abrir a gaveta para guardar objetos pessoais, percebeu que a fechadura estava danificada e o dinheiro furtado. O miolo com o segredo da fechadura se encontrava caído dentro da gaveta.

A Polícia Militar foi acionada e a funcionária informou que o banco passa por reformas e que funcionários da empresa contratada trabalharam na noite de 5 para 6 de novembro. O supervisor da obra informou que um dos funcionários é originário do estado do Ceará e pode ser o autor do furto. O que reforça a suspeita é o fato de o empregado ter saído do hotel onde a equipe da obra estava hospedada. O homem levou seus objetos pessoais e não retornou mais para o trabalho.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Cristina Del Papa

10 de Novembro, 2018 | 07:07
1 coisa: Nunca se deixa dinheiro em gaveta para o movimento seguinte. tudo volta para o cofre.

2 a funcionaria (o) deixou assumiu o risco!

Maria

09 de Novembro, 2018 | 19:58
Estranho uma funcionária deixar uma quantidade grande em dinheiro dentro de uma gaveta e demorar tanto tempo pra checar, o mais estranho ainda é que se o dinheiro era dela pq ela não levou pra casa? E se era do banco pq não foi contabilizado?

Gustavo

09 de Novembro, 2018 | 10:29
Se o dinheiro estivesse embaixo do colchão isso não teria acontecido, afirmou o gerente da instituição após ciência do fato. #IronicMode

Sei Não Viu

09 de Novembro, 2018 | 08:37
Não sei não viu. Essa agência do Banco Santander foi alvo dos assaltantes meses atrás, e a história estava muito mal esclarecida. Agora uma funcionária coloca uma quantia dessa com uma simples tranca de fácil arrombamento. Pra mim este funcionário da obra tá servindo apenas de bode expiatório... Sei não viu

Sabonete

09 de Novembro, 2018 | 07:41
E FICAMOS RECLAMANDO DOS POLÍTICOS DESONESTOS....!!!

Anonimo

08 de Novembro, 2018 | 17:23
uma situaçao facil desta e moleza qualquer ladrao.
Envie o seu Comentário